terça-feira, 13 de setembro de 2011

Esta semana fiz contato com um novo velho mundo. Um mundo real, feito de quadrinhos, mas bem longe da fantasia de selos como a DC Comics ou da realidade que alguns outros selos espalhados pelo mundo gostam tanto de evidenciar. Descobri nestes últimos dias um quadrinista chamado Marcelo Quintanilha, talento fenomenal, e sua Obra Sábado dos Meus Amores, que traduz a realidade - aquela muito próxima a sua, à minha - para o mundo dos quadrinhos de uma forma completamente diferente, eu mesmo nunca tinha visto aquela forma de desenho, aqueles traços tão reais. Tudo parece que vai sair da publicação de pouco mais que 60 páginas, que mesmo não formulando histórias incomuns te fisgam de um jeito a ponto de você não querer mais largar as páginas.
Quintanilha trata da realidade carioca, da favela que você e eu moramos, ou do Nordeste... Mas espera aí... Isso MUITOS quadrinistas já fizeram. O que ele tem de diferente então?... Só vendo para crer. Primeiro: esqueça as histórias rebuscadas, cheias de reviravoltas. Marcelo busca justamente no simples, muito simples, o mote para seus desenhos. Ele retrata a pele negra de seus personagens (já que em sua maioria são nordestinos - que ele enxerga como negros em sua maioria - e o poo das favelas cariocas) com um brilho uma vida única em cinco histórias mágicas e rebuscadas através dos caminhos da realidade. A minha preferida é a história da menina recém alfabetizada que é zombada pelas amigas do curso de alfabetização para adultos por fazer as coisas como criança, mas ela não quer ser comparada como criança e desatina a se apaixonar pelo único homem que a leva a sério como mulher. É muito bonito!
O preço da revista vale a pena, geralmente se encontra a publicação por R$ 39,90, mas o material é de maravilhosa qualidade, capa dura, o tratamento gráfico é de proporções gigantescas, lindo mesmo. Desde já recomendo, o Nordeste e a favela sem maniqueísmo de Marcelo Quintanilha, seu excelente material, com texto incrível e arte de cair o queixo. Fenômeno!

Um comentário:

Cynthia Santos disse...

Outro quadrinho bem legal é a história de Martin Luther King. abraços!

http://www.geledes.org.br/atlantico-negro/afroamericanos/martin-luther-king/12113-a-luta-de-martin-luther-king-ganha-adaptacao-em-quadrinhos